Instituições de saúde

Acreditação hospitalar: alcance a excelência no cuidado

17 de Fevereiro de 2022

• Tempo de leitura:

Voltar

Instituições de saúde possuem ambientes de alta complexidade que demandam uma atenção dos gestores para melhoria contínua. Com diversos pontos que se correlacionam, estabelecer um padrão de trabalho é sempre necessário e importante para garantir o melhor desenvolvimento possível. Nesse sentido, ter o reconhecimento do mercado sobre a qualidade oferecida nos serviços é o desejo de muitas instituições. No mercado de saúde isso não é diferente, sendo esse um dos diferenciais mais importantes para as organizações.

O processo para conquista de acreditação hospitalar avalia a qualidade assistencial, de gestão e segurança no setor de saúde. Para isso, esse processo certifica sobre requisitos em diferentes níveis, promovendo também a melhoria e capacitação das instituições, visando o atendimento de normas técnicas determinadas.  

Para aprofundar o assunto, vamos explicar o que é uma acreditação, seus objetivos, e a importância da obtenção dentro de organizações ligadas aos serviços de saúde. Continue a leitura!  

O que é uma acreditação hospitalar?  

Acreditação hospitalar é um método que avalia e certifica padrões, requisitos e diretrizes definidas para garantir altos padrões de segurança, qualidade e de gestão nos serviços de saúde. Para conquistar uma acreditação hospitalar, as instituições que se candidatam precisam seguir requisitos definidos pela organização acreditadora, comprovando sua qualidade conforme padrões nacionais e internacionais.  

O processo de acreditação não tem um caráter fiscalizatório e punitivo para as instituições. O método busca avaliar se a organização possui um sistema que consiga manter continuamente o bom serviço prestado para, dessa forma, ser acreditado como um ambiente qualificado e que mantem os padrões de governança ideais estabelecidos pelo setor. 

Além disso, programas de acreditação hospitalar tendem a renovar suas regras e diretrizes, como um programa de educação e capacitação, para que as instituições melhorem continuamente, adequando-se aos processos mais modernos, proporcionando sempre uma estrutura renovada e de acordo com os padrões necessários.  

A acreditação é um processo voluntário onde todas as instituições ligadas à prestação de serviços na saúde podem se candidatar. A avaliação é feita por uma instituição independente, especializada, que verifica a conformidade com requisitos de qualidade.  

Existem diversas empresas certificadoras que fazem processos de acreditação nas instituições de saúde. No entanto, cada uma possui suas exigências, níveis de certificação, e prestígio nacional e internacional. Nesse sentido, ser acreditado significa mostrar ao público que sua instituição se preocupa com princípios de segurança e qualidade no atendimento, o que gera uma imagem positiva frente aos pacientes e stakeholders da organização ou rede. 

As principais acreditadoras do mercado de saúde, atualmente, são Joint Commission International (JCI), que visa a melhoria dos cuidados, atuação profissional e gestão interna; Accreditation Canada, que pauta sua acreditação pelo uso de evidências na saúde, governança clínica, sobrecarga dos trabalhadores, entre outros pontos; Healthcare Information and Management Systems Society (HIMSS), que pauta a implementação de ferramentas de inovação na saúde; National Integrated Accreditation for Healthcare Organizations (NIAHO), com foco em otimizar resultados hospitalares; e a Organização Nacional de Acreditação (ONA), brasileira considerada a principal do país, com forte atuação na qualidade, segurança e gestão eficiente.  

Acreditação hospitalar

Os principais objetivos da acreditação em saúde

Uma avaliação, seja ela de acreditação, manutenção da acreditação já conquistada, ou melhoria de nível, visa verificar os requisitos com a metodologia da instituição acreditadora. Assim, analisando os padrões a serem seguidos a instituição acreditadora consegue entender se o gerenciamento é realmente eficiente.  
Nesse sentido, apostar na acreditação de uma instituição de saúde é essencial, pois ela permite:  

  • Melhorar o desempenho da gestão da instituição de saúde e otimizar a tomada de decisão;  
  • Dar mais qualidade aos serviços prestados, garantindo a segurança do paciente;  
  • Permitir a melhoria de resultados, já que a instituição ganha visibilidade no mercado e se torna mais competitiva, agregando valor ao serviço prestado;  
  • Integração entre departamentos, melhorando a comunicação interna e melhoria das condições de trabalho;  
  • Mantém a estabilidade da organização, pois permite a melhoria constante dos processos.  

Dificuldades de conquistar uma acreditação hospitalar

O trabalho em conjunto é um dos pontos mais importantes para conquistar uma acreditação hospitalar. Por ser um processo que exige dedicação do time multidisciplinar, o empenho para conquistar uma acreditação pode ser exaustivo e trabalhoso. Assim, é fundamental que o time trabalhe em conjunto, em prol de um objetivo maior.  

Para que tudo seja estabelecido de maneira adequada é preciso, primeiro, entender onde estão os pontos de maior problema dentro da instituição e criar mecanismos para superá-los. O atendimento dos requisitos feito de forma não ordenada e gradual pode gerar conflitos, bem como falta de entendimento dos novos modelos de trabalho, o que impacta diretamente na segurança e experiência do paciente.  

Dessa forma, cabe à gestão estabelecer modelos e processos que implementem as novas maneiras de trabalho de forma que não comprometa a qualidade do serviço e sirva apenas para aprimorar fluxos importantes. Depois que o impacto dessas mudanças for superado, a tendência é que as melhorias tragam mais bem-estar aos profissionais, segurança aos pacientes e uma cultura organizacional muito mais adequada. 

Além disso, a falta de uma análise de dados torna a identificação dos problemas muito mais complexa. A verdade é que as instituições possuem um ouro que não é utilizado, e que pode acelerar o processo de acreditação. No entanto, a utilização correta desses dados e o estigma sobre o uso de tecnologia se tornam um obstáculo nesse sentido.  

Assim, avaliar problemas internos tende a ser o primeiro passo para superar os desafios de conquistar uma acreditação. Fazer um mapeamento de processos inteligente e eficiente pode ser um aliado nesse sentido.

Como começar esse processo?  

Como falamos anteriormente, conquistar uma acreditação hospitalar depende de esforços para cumprir requisitos estabelecidos pelas instituições acreditadoras. De modo geral, as exigências se referem ao âmbito técnico. Mas, para além disso, é preciso pensar em alguns outros pontos mais subjetivos como:  

  • Avaliar o engajamento dos funcionários com a unidade de saúde;  
  • Ter um líder dentro da instituição que irá gerenciar o projeto de acreditação;  
  • Monitorar procedimentos e analisar situações que podem ser melhoradas;  
  • Permitir que os profissionais sejam capacitados e atualizados sobre seu papel dentro da organização;  
  • Avaliar a qualidade de fornecedores e prestadores de serviços terceirizados;  
  • Escolher bem o órgão acreditador e ter em mente seus requisitos.  

Depois, mesmo com as exigências específicas de cada acreditadora, para suprir as questões técnicas, o time operacional deve se preparar para alguns requisitos básicos como:  

  • Fazer um diagnóstico da instituição, analisando oportunidade e estipulando melhoria;  
  • Montar um plano de ação, focado em resolver primeiro os maiores problemas para conquistar a acreditação;  
  • Realizar auditorias internas e certificar-se que o plano está sendo seguido conforme o desejado.  

A tecnologia nas acreditações em saúde  

Muitas instituições de saúde acreditam que investir em tecnologia durante o seu processo de acreditação pode trazer um impacto negativo para os colaboradores, gerando conflito e desentendimento sobre os processos que funcionavam anteriormente. Contudo, esse é um pensamento equivocado. Como falamos anteriormente, é preciso que as mudanças necessárias para uma acreditação sejam feitas de forma gradual. Isso inclui o uso de tecnologias.  

Utilizar a tecnologia a favor do processo de acreditação não é apenas um facilitador, como também é item necessário para muitas acreditadoras. A RN 452, por exemplo, que estabelece critérios para acreditação em operadoras de saúde, tem a tecnologia como um requisito indispensável para ganhar a certificação.  

O uso de tecnologia, entre outros pontos, auxilia na melhoria de questões ligadas à gestão e também na otimização do trabalho assistencial. Os softwares de gestão auxiliam no controle de informações, armazenamento de dados e gestão de fluxos essenciais para a organização de processos requeridos pelas acreditadoras.  

Monitorar em tempo real a jornada do paciente, por exemplo, é indispensável para o controle do trabalho diário nas instituições de saúde. E para fazer esse trabalho de forma eficiente, com resultados satisfatórios e livre de erros humanos, contar com o uso de tecnologia é um divisor de águas.  

Além disso, o uso de outros mecanismos tecnológicos como prontuário eletrônico, ferramenta de gestão de processos, gerenciadores financeiros e ERPs são básicos para que a instituição se organize e mantenha os padrões necessários para conquistar uma acreditação em saúde.  

Quer saber como a UpFlux pode ajudar sua instituição a conquistar uma acreditação? Conheça nossas soluções para hospitais ou fale com um especialista.

Fique por dentro das tendências e novidades na área da saúde. Inscreva-se em nossa newsletter!

Receba em primeira mão notícias e artigos sobre tecnologia e inovações em saúde gratuitamente.

Fique tranquilo! Prometemos não enviar spam 🙂


Postagens Relacionadas