Hospitais e Clínicas

Enfermeiro navegador: desafios e competências no cuidado coordenado

14 de Julho de 2020

• Tempo de leitura:

Voltar

Na área da saúde existem situações complexas que exigem apoio e um cuidado especial ao enfermo. Proporcionar um atendimento humanizado é o que tem garantido a melhor experiência do paciente dentro das instituições de saúde e proporcionado um tratamento mais efetivo a quem necessita de cuidados. O enfermeiro navegador, nesse sentido, tem um papel primordial na humanização do atendimento ao paciente. 

Nesse texto vamos explicar o papel do enfermeiro navegador, quais os desafios que ele encontra na sua atuação e as competências que um bom profissional deve ter. Acompanhe! 

O papel do enfermeiro navegador no cuidado ao paciente
New call-to-action

O que faz um enfermeiro navegador? 

O conceito de nurse navigator, ou enfermeiro navegador, foi desenvolvido no ano de 1990, pelo médico americano Harold Freeman. O termo foi elaborado com o objetivo de acelerar a confirmação do diagnóstico e garantir a continuidade do cuidado do início ao fim do fluxo de atendimento.

Ou seja, de maneira prática, o enfermeiro navegador identifica os desafios que podem afetar o atendimento ao paciente, criando novos caminhos para uma adesão plena ao tratamento. Esse profissional faz uma ponte entre o paciente e sua família com a equipe clínica. Assim, ele orienta o usuário do serviço de saúde sobre seu tratamento, fazendo com que o paciente tenha uma conexão maior com o processo, auxiliando de forma multidisciplinar.

Apesar de a atividade de enfermeiro navegador ser relativamente nova, inúmeras instituições de saúde têm adotado esta prática como um auxílio à gestão hospitalar. A condução desta prática pelo profissional enfermeiro navegador tem alguns objetivos bem específicos. Redução do tempo de permanência, segurança assistencial, experiência do paciente, redução de desperdícios e variabilidades são algumas delas.

De acordo com uma pesquisa feita pelo Instituto Gallup em solo americano, com o tema ética e honestidade, os enfermeiros estão em destaque como uma das profissões mais confiáveis dentro das instituições de saúde. Desde 2016 os enfermeiros se mantêm no topo dessa lista, com uma média de 84% favorável. Somada à essa confiabilidade, o enfermeiro navegador ainda deve reunir outras competências como conhecimento técnico e excelência operacional.

Em que cenários o enfermeiro navegador pode atuar?

Além de impactar diretamente na experiência do paciente e nos resultados do seu tratamento, um enfermeiro navegador pode atuar de forma concreta no monitoramento de linhas de cuidados, agendamento de procedimentos eletivos e na gestão de custos assistenciais. Estas são algumas das dores comuns de hospitais públicos e privados que podem ser supridas com o auxílio desse profissional.

Algumas das funções desempenhadas pelos enfermeiros navegadores são: 

  • Fornecer informações especializadas sobre o atendimento e tratamento ao paciente. Isso significa esclarecer todas as dúvidas de forma clara e técnica sobre o problema de saúde em questão. 
  • Ajudar o paciente a se conectar com a sua comunidade, encontrando grupos de apoio e suporte emocional para seguir seu tratamento; 
  • Ajudar o paciente em relação à parte prática do seu tratamento, com informações sobre clínicas em que ele pode realizar procedimentos ou a encontrar outras possibilidades de tratamento. 
  • Registrar e monitorar os sintomas do paciente, ajudando a equipe assistencial a prestar o melhor cuidado, avaliando ponto a ponto cada momento vivido durante o tratamento; 
  • Prestar assistência psicológica, proporcionando conforto emocional e, se necessário, fazer o acompanhamento a um psicólogo.
New call-to-action

Habilidades de um enfermeiro navegador

Por ser o suporte ao paciente durante um momento crítico do tratamento, o profissional que atua como enfermeiro navegador precisa ter e desenvolver algumas habilidades: 

  • Ser independente: Para ser um enfermeiro navegador é preciso ter capacidade de trabalhar sozinho e entender que nem sempre a equipe assistencial estará ao seu lado para prestar um suporte. Esse trabalho exige mais uma boa comunicação em equipe do que, necessariamente, um trabalho de time; 
  • Ser organizado: Assim como qualquer profissional, os enfermeiros navegadores devem ser extremamente organizados. São eles quem cuidam das agendas de consultas médicas do paciente, avaliam e cuidam dos métodos de segurança e cuidam de todos os dados registrados sobre o paciente. Para isso, organização é essencial no cuidado centrado no paciente. 
  • Ser crítico e estudioso: Um enfermeiro navegador precisa explicar ao paciente os processos complexos que ele passa durante o tratamento, sanando suas dúvidas. Isso requer conhecimento e uma análise profunda sobre tudo que está ocorrendo. Assim, é preciso coletar dados e se basear em informações e evidências para tomar as melhores decisões. 
  • Ser empático e humano: Empatia é se colocar no lugar do paciente, estar onde o paciente está, observando seu processo, acompanhando sua evolução e cuidando para que ele tenha o melhor resultado possível. Os pacientes têm diferentes reações físicas e psicológicas ao tratamento de doenças graves, por isso, mostrar cuidado e dedicação à realidade do enfermo faz toda a diferença.  

Ou seja, um enfermeiro navegador desenvolve um papel indispensável no tratamento aos pacientes, orientando seu processo de ponta a ponta, ajudando o mesmo a lidar com a realidade da sua doença.

UpFlux

Como a tecnologia auxilia nesse trabalho 

Uma pesquisa do Instituto Ethos de abril de 2020 sobre os impactos da pandemia destaca algumas preocupações. Entre os respondentes, gestores hospitalares e outros profissionais, 65% relatam redução no faturamento e 86% incertezas sobre a estabilidade econômica nas instituições de saúde. Já em relação à eficiência operacional, dados do Observatório ANAHP apresentam alguns números evolutivos entre os anos de 2016 e 2020.

  • Média de permanência de 4,38 (2016) para 4,04 (2020), redução de 8,4%;
  • Giro de leito de 5,33 (2016) para 5,85 (2020), aumento de 9,8%;
  • Taxa de conversão de pronto atendimento de 6,93 (2016) para 8,29 (2020), aumento de 19,6%.

Estes resultados são suficientes? Como um enfermeiro navegador poderia ajudar na otimização desses números? Quando compreendemos os impactos transformação digital na saúde, podemos perceber que algumas plataformas podem auxiliar de forma efetiva neste trabalho, conforme destaca o Observatório ANAHP 2020:

  • 95,56% de prescrição eletrônica;
  • 91,11% de prontuário eletrônico implantado;
  • 85,56% de sistemas de visualizações de imagens implantados.

Isso significa, de forma prática, que extrair informações e conhecimentos destes dados e entregá-los ao enfermeiro navegador pode transformar qualquer informação em uma vantagem competitiva. Inteligência artificial conectada à mineração de processos na área da saúde pode ampliar de forma exponencial os resultados. Com o trabalho do enfermeiro navegador atrelado às tecnologias é possível acompanhar oportunidades de redução de tempo de permanência hospitalar e redução de custos de tratamento, além de desospitalização

O uso de Process Mining na melhoria de processos

A plataforma UpFlux ajuda na simplificação desse trabalho, permitindo uma gestão de processos mais inteligente. Por meio da extração de dados de prontuários eletrônicos e ERPs, a solução transforma dados em conhecimentos por meio de insights que melhoram o dia a dia de trabalho das equipes operacionais, nesse caso do enfermeiro navegador. 

Depois de coletar os dados, a solução de Process Mining da UpFlux cria visualizações automáticas do processo, entendendo ponta a ponta os fluxos, gerando informações sobre os possíveis pontos de melhoria. Todo esse trabalho acontece por meio de três pilares: descoberta, análise de conformidade e otimização.

Por meio da descoberta a plataforma entende como acontecem na realidade os fluxos pelo qual a instituição passa. Após, analisa a conformidade desses processos com as diretrizes determinadas pela equipe de gestão e, por fim, gera insights para que o time assistencial possa realizar melhorias em tempo real nos processos e garantir mais segurança ao paciente.

A descoberta acontece a partir do mapeamento de processos, que entende as ineficiências e identifica ofensores de segurança do paciente, desvios, custos e tempos excedentes.  Por meio desse mapeamento é possível visualizar os custos gerados, frequências de casos e também ter uma visão geral dos processos para se antecipar a possíveis problemas.

A análise de conformidade acontece por meio do entendimento da plataforma sobre as regras definidas pela instituição. Por meio de um kanban de fácil visualização, a solução permite que a equipe assistencial veja quais processos estão em conformidade e quais não estão, permitindo um ajuste rápido.

Paralelo a isso, com uma monitoração contínua por meio de painéis e insights constantes, a plataforma permite que os profissionais responsáveis consigam fazer um acompanhamento em tempo real de todos os processos a partir de dashboards de fácil edição. Assim é possível corrigir erros em tempo real, seguindo os padrões estabelecidos pela instituição. 

Assim, por meio de uma tecnologia inteligente e indispensável, o enfermeiro navegador garante uma visualização maior de toda a jornada do paciente. Apenas com esse auxílio ele consegue ter uma visão global de todo o processo, podendo exercer o seu papel com mais precisão e efetividade junto ao paciente.

Isso garante maior segurança nas decisões tomadas pelo profissional, bem como mais bem-estar ao usuário do serviço. Percebendo todos os pontos que englobam o tratamento e, diante disto, entendendo as linhas assistenciais mais seguras, o enfermeiro navegador consegue realizar um cuidado centrado no paciente e garantir a eficiência dos processos para que se tenha os resultados esperados.

New call-to-action


Postagens Relacionadas